Filho de deputado do PT, que faria live contra Bolsonaro hoje, é preso com 40 kg de maconha.

Rogério Bordalo, que é filho do deputado Carlos Bordalo (PT-PA), foi preso em flagrante em estrada do Maranhão

Em operação realizada pela Polícia Civil do Maranhão, foi preso na cidade de Açailândia, no Maranhão, por tráfico de drogas, Rogério Alves Bordalo, 34 anos, natural do Pará. Monitorado pela polícia, através de interceptação telefônica, Rogério Bordalo foi preso na terça-feira (26) em uma barreira montada pela polícia próximo à comunidade de Pequiá, no municipío de Açailândia ao dirigir um veículo H20 de cor preta.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO CANAL GAMA

O homem preso com 40 Kg de maconha é filho do deputado estadual reeleito Carlos Bordalo, do PT paraense. Rogério Bordalo, que é geólogo e professor, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e preso cumprindo mandado de prisão preventiva.

Publicidade:

Chega de censura no Facebook e Twitter, ou perseguição por parte do STF. Faça hoje mesmo um perfil na rede social GAB e experimente a liberdade de expressão. Acesse https://gab.com/ faça seu perfil e convide seus amigos para serem livres com você. Gab é a única rede social que o STF jamais conseguirá censurar

Segundo o deputado federal pelo estado do Pará, Delegado Éder Mauro (PSD-PA), o traficante preso com 40 kg de maconha escondidos em várias partes do carro que dirigia, tinha programado para este sábado, 30/05, uma live/show na qual pretendia fazer ataques ao presidente Jair Bolsonaro. Em seu perfil no Twitter, o Delegado Éder Mauro publicou que por motivos de força maior o show teve que ser cancelado.

Me parece que o Rogério Bordalo, filho do deputado Bordalo (PT), iria fazer uma live neste sábado pra atacar o PR @jairbolsonaro, mas a LIVE foi CANCELADA por motivo desse safado ter sido preso com 40 quilos de maconha ontem. 🤣🤣🤣

Delegado Eder Mauro

Lula comemora o vírus chinês, que já matou mais de 300 mil pessoas pelo mundo; Canalhas da extrema-imprensa silenciam

Lula COMEMORA coronavírus: “Ainda bem que a natureza criou esse monstro”.
É monstro falando de monstro!

A extrema imprensa em grande parte, se mantém em silêncio, por que a maioria dos seus membros são militantes comunistas transvestidos de jornalistas, que utilizam do meio para difundir ideologias autoritárias e defender o Larápio e o restante da quadrilha PT, ao invés de notíciar os fatos.

Luladrão e a esquerda em geral torcem pelo vírus, para usar caixões como palanque e cadáveres como narrativa.

Não se engane, nenhum esquerdista está torcendo pela recuperação dos enfermos ou para que se encontre logo a cura, muito pelo contrário, eles estão torcendo é pelo vírus, torcendo para que milhares de pessoas morram, para então usar esses mortos como moeda eleitoral em nas próximas eleições. Pois a preocupação da esquerda sempre foi o poder e nunca a vida das pessoas!

Um desrespeito total a memória das vítimas e seus familiares, que estão sendo usadas por um criminoso e por sua quadrilha, como massa de manobra e marketing para alcançar o poder.

Governo quer regras mais claras para uso de aviões da FAB

Onyx disse estar trabalhando para tornar “mais claras” as normas para uso dos aviões da FAB por membros do governo.

Alterações nas regras para uso dos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) por autoridades brasileiras estão sendo analisadas pelo governo Jair Bolsonaro.

A informação foi confirmada na manhã desta segunda-feira (3) pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, Onyx falou que está trabalhando para tornar “mais claras” as normas para uso dos aviões.

Onyx enfatizou que o modelo que norteará o novo regulamento é uma normativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que trata do uso de aviões por membros de governos. 

As novas normas levarão em conta três critérios para permitir as viagens: distância percorrida, faixa etária e volume de trabalho.

A iniciativa ocorre após o ex-secretário da pasta, Vicente Santini, ter sido exonerado pelo presidente Bolsonaro por ter usado um jatinho da FAB para viajar à Índia, onde estava a comitiva presidencial.

Atentado contra a Polícia Militar e a sociedade paulista

O Comando da PMESP sai do mutismo e refuta ataques

É um completo absurdo o que esse senhor Anderson França, que se vangloria por ser colunista da Folha de São Paulo, publicou em sua conta numa rede social. Modificando criminosamente a honrada logomarca da Polícia Militar do Estado de São Paulo, no dia 1º de dezembro, acrescentou uma suástica, símbolo que remete ao nazismo, demonstrando completo desrespeito não só à Instituição, mas ao povo de São Paulo.

A postagem passou despercebida à época, até pela pouca expressão do autor, mas foi identificada após os ataques covardes que Anderson direcionou à dupla Maiara e Maraisa nesta semana, também tentando associá-las ao nazismo.

A estratégia de Anderson de imputar a quem ele não gosta a pecha de nazista revela, na verdade, traços de sua própria personalidade, que busca alimentar o ódio contra pessoas e instituições, por razões provavelmente inconfessáveis.

A Polícia Militar repudia o nazismo, classificando a conduta do infeliz autor como uma violência à memória de nossos heróis que sucumbiram na defesa da sociedade. Como pode ele tentar associar ao nazismo uma instituição que, por exemplo, emprega em seus quadros 40% de negros, justamente parcela da população que o nazismo queria exterminar?

Não há uma instituição que represente tão bem a realidade do nosso Estado e do Brasil como a Polícia Militar de São Paulo. Nossa tropa, de 85 mil integrantes, atende mais de 80 mil chamadas de ajuda feitas diariamente ao Copom (Centro de Operações da PM). São abnegados soldados que protegem as pessoas do crime e da violência, garantindo a cidadania, a liberdade e a própria democracia. São eles os primeiros a chegar, socorrer, resgatar e salvar vidas –  só no ano de 2019 foram quase 200 mil salvamentos!

Respeitamos absolutamente a liberdade de expressão e de pensamento, mas atitudes como esta são inaceitáveis, mesmo partindo de um ilustre desconhecido que pretende, provavelmente, sair do estado em que se encontra por meio de polêmicas e agressões gratuitas.

Estamos adotando todas as providências para responsabilizar o autor pelos crimes cometidos com sua atitude, sem prejuízo de ações também em outras esferas. Um ato irresponsável como este não pode ficar impune, seja em memória dos policiais militares que sacrificaram suas vidas em defesa da sociedade, seja em defesa desta própria sociedade, da qual a Polícia Militar é um de seus maiores patrimônios. 

Coronel PM Marcelo Vieira Salles
Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo


____________________

Abaixo o Twitter  com ataque à dupla Maiara e Maraisa

Matéria Relacionada

Recomendamos a leitura do artigo do Gen Pinto Silva “Gen Ex Pinto Silva – Insurgência Moderna Link


Na matéria é comentada o Capítulo da Novela “Amor de Mãe”, onde mosrava e instruia a ocupação de Escola e mostrava a “truculenta” ação da PM em executar o mandado Judicial de Desocupação.

População revoltada invade delegacia, arranca esquarteja e queima estuprador no interior do Amazonas

Ronald Gomes Borges, de 28 anos, que estuprou, matou e escondeu o corpo de Elcleciane Nascimento Duarte, de 11 anos, foi retirado da delegacia onde se encontrava, no município de Fonte Boa, interior do Amazonas, e depois esquartejado e queimado em via pública.

De acordo com informações, o crime, que teve grande repercussão, na tarde de quinta-feira (16), e logo que Ronald foi preso, em uma área de mata, moradores do município se reuniram em frente da delegacia pedindo que a polícia liberasse o criminoso para que fosse feita ‘Justiça com as próprias mãos’. Negado o pedido pelos agentes de segurança, na noite desta sexta-feira (17), a população acabou invadindo a delegacia e tirando o homem, que foi esquartejado e queimado no meio da rua.

A delegacia ficou parcialmente destruída e viaturas foram apedrejadas.

Entenda o caso:

Segundo a polícia, Elcleciane tinha costume de ir a casa de Ronald ajudar a fazer bolos com a esposa dele, para vender no município. No dia do crime, a criança foi estuprada pelo suspeito, e para ser contida, foi asfixiada e morreu. O corpo foi escondido debaixo da cama e encontrado pela companheira de Ronald, que avisou a família da criança.

Com Informações; Portal do Holanda

População revoltada invade delegacia, arranca esquarteja e queima estuprador no interior do Amazonas

Ronald Gomes Borges, de 28 anos, que estuprou, matou e escondeu o corpo de Elcleciane Nascimento Duarte, de 11 anos, foi retirado da delegacia onde se encontrava, no município de Fonte Boa, interior do Amazonas, e depois esquartejado e queimado em via pública.

De acordo com informações, o crime, que teve grande repercussão, na tarde de quinta-feira (16), e logo que Ronald foi preso, em uma área de mata, moradores do município se reuniram em frente da delegacia pedindo que a polícia liberasse o criminoso para que fosse feita ‘Justiça com as próprias mãos’. Negado o pedido pelos agentes de segurança, na noite desta sexta-feira (17), a população acabou invadindo a delegacia e tirando o homem, que foi esquartejado e queimado no meio da rua.

A delegacia ficou parcialmente destruída e viaturas foram apedrejadas.

Entenda o caso:

Segundo a polícia, Elcleciane tinha costume de ir a casa de Ronald ajudar a fazer bolos com a esposa dele, para vender no município. No dia do crime, a criança foi estuprada pelo suspeito, e para ser contida, foi asfixiada e morreu. O corpo foi escondido debaixo da cama e encontrado pela companheira de Ronald, que avisou a família da criança.

Com Informações; Portal do Holanda

Página de Extrema-Esquerda falsifica foto para atingir ministro da educação

Uma página extrema-esquerda chamada “Coisas que deram errado” fez uma fotomontagem grotesca para atingir o ministro da educação Abraham Weitraumb

Trata-se de uma foto que a muito tempo circula em grupos de Whatsapp é no Facebook, no qual um homem é visto em uma mesa de granito com garrafas de bebidas alcoólicas, exibindo a palavra SESTA com letras feitas de pedaços de carne cortados prontos para assar.

Na foto original, o material que são pedaços de carne usados para formar as letras da palavra, e a própria palavra ‘Sexta’ que é trocada pela forma incorreta Sesta, fez a foto tornar-se viral em grupos de Whatsapp. A manipulação ocorre no sentido de vincular o ministro à forma incorreta de escrever, no qual o mesmo postou um twitte e que por erro de edição do App, a palavra Impressionante saiu errada.

Os baseando-se nesse erro, os fraudadores editaram uma imagen da face do ministro, e colaram a foto na face do homem da mesa com pedaços de carne.

Jandira Fhegali enaltece general terrorista iraniano em twite

E teve à audácia de trata-lo como “figura importante” para enaltecer como grande Líder, o sanguinário general terrorista iraniano que foi morto em um bombardeio pelo exército estadunidense

Ela twetou:

“A crise entre Irã e Estados Unidos foi elevada a enésima potência com o assassinato do general Qasem Soleimani, apontado por muitos como a figura mais importante depois do Líder Supremo”.

Para alguém como ela que defende Stalin, o regime dos Castro em Cuba, Che Guevara, Kin Jon Ung, o regime chavista e Nicolas Maduro, defender um terrorista iraniano deve ser fichinha!

Publicidade:

Chega de censura no Facebook e Twitter. Faça hoje mesmo um perfil na rede social GAB e experimente a liberdade de expressão. Acesse https://gab.com/ faça seu perfil e convide seus amigos para serem livres com você.

Intolerantes, militantes de esquerda comemoram acidente doméstico de Bolsonaro e levam resposta devastadora

O Presidente Bolsonaro foi levado para o Hospital das Forças Armadas em Brasília, na noite desta segunda-feira (23), após levar um tombo no banheiro.

Logo após a divulgação das primeiras notícias sobre o acidente a famosa intolerância da esquerda apareceu novamente nas redes sociais.

Um dos comentários maldosos chegou a sugerir a morte do presidente:

“Bem que podia ter morrido pra dar esse presentão de natal pra gente”, disse.

Para azar da esquerda, O presidente Bolsonaro já recebeu alta e passa bem. A melhor resposta para estes militantes raivosos foi de do perfil WendelBrasilSP:

Enquanto a esquerda comemora uma queda do Presidente Jair Bolsonaro em um banheiro, a direita segue comemorando queda da inflação, queda dos juros, queda risco Brasil, quedas nos índices de criminalidade, recordes na bolsa e etc…

Entendeu a diferença? O mal jamais triunfará!

Com informações: Jornal da Cidade

Ministro do Meio Ambiente ‘fecha torneira’ para ONGs e indústria das palestras

O ministro Ricardo Salles tem se mostrado bastante preocupado, não só com o Meio Ambiente no Brasil, mas em encerrar qualquer vínculo governamental com entidades que possam tirar proveito das verbas generosas do Estado enquanto nada fazem para garantir melhorias na questão da preservação, ou pior, por vezes criam questões de impossível gerenciamento e aplicação na área.

COm esse objetivo em mente, Salles fechou a torneira que abastecia ONGs e a indústria de palestras, ficando no que realmente interessa para a população.

“Pergunta para o brasileiro que mora na favela com o pé no esgoto se ele está preocupado com a discussão da mudança climática em Paris, ou se ele quer que canalize o córrego na porta da casa dele para o filho não ir para o hospital toda a semana” argumentou o ministro, durante entrevista no programa Pingos Nos Is.

“Eu vou paralisar o Ministério para ficar fazendo discussões e seminários, dando dinheiro para ONG fazer estudo. É isso que eles querem, que eu fique patrocinando dinheiro para o sujeito viajar de Paris, Londres, Londres para Roma…” finalizou.

Com informações: Republica de Curitiba