Ativista que acusou Bolsonaro de “crimes contra a humanidade” defende o aborto e é a favor da descriminalização das drogas

Ela é contra a criminalização do aborto e já participou de audiência pública no Senado Federal em 2016 para defender a interrupção da gravidez.

O Coletivo de Advogados em Direitos Humanos assinou uma denúncia nesta quarta-feira (27) que afirma que o presidente Jair Bolsonaro cometeu “crimes contra a humanidade” ao “fazer ataques sistemáticos aos povos indígenas”.
A advogada e ativista Eloísa Machado de Almeida é contra a criminalização do aborto e já participou de audiência pública no Senado Federal em 2016 para defender a interrupção da gravidez.

“A proteção jurídica se dá com a noção de personalidade que começa com o nascimento. Há algo em ser humano que precisa ser preservado, o nome disso é autonomia. O direito à vida é inviolável e deve ser garantido pelo Estado. Vida após o nascimento (e não intra-uterina): é essa a vida que a Constituição Brasileira protege. O direito inviolável à vida é para a constituição o que o sagrado é para religião”, afirmou, na ocasião.

Eloísa também se mostrou crítica aos atos do ministro Sergio Moro em 2018, quando ainda era juiz federal responsável pelo processo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Não existe nenhuma justificativa jurídica para um juiz de primeira instância (Moro) mandar um “ofício” para a polícia determinando aos policiais federais o descumprimento de decisão judicial proferida por desembargador. É inimaginável, num estado democrático de direito, que a Polícia Federal e o Ministério da Justiça sejam instados por um juiz ao descumprimento de decisão de um tribunal”, afirmou ao portal Nexo, em julho de 2018

14 comentários sobre “Ativista que acusou Bolsonaro de “crimes contra a humanidade” defende o aborto e é a favor da descriminalização das drogas

  1. Eloísa Machado de Almeida, uma PENA QUE SUA MÃE não teve a mesma posição que você tem quando o assunto é aborto. Seria uma merda a menos fedendo na Terra.

    Curtir

  2. Defendo que o Presidente Bolsonaro não cometeu crime nenhum contra a humanidade. Quanto à ativista, já é uma criminosa por intenção. Somente a intenção de interromper uma vida durante uma gestação é um crime. Se aquela criança existe, é por vontade de Deus que ela deve nascer. Essa mesa só quer aparecer. Ah! E deve estar descontente porque a teta secou.

    Curtir

  3. Sou Cristã, defendo a vida, abomino a regularização de drogas e de tudo que é imoral. Pra mim essa dona já está morta moralmente. Por isso quer matar tudo o que é puro , limpo e inocente.

    Curtir

  4. Esses lixo Socialistas/globalistas não conseguem aceitar a derrota!! acabou o pão com mortadela!! choooooraaaaa PTRALHADA escrota, corrupta e calhorda é melhor JAIR SE ACOSTUMANDO!! Brasil acima de todos, Deus acima de todos!!

    Curtir

  5. como todo esquerdista imbecil que é. É a favor a tudo que não presta e que pode destruir a moral ou vida humana. Aborto, drogas etc. É mais uma idiota inútil cagando pela boca.

    Curtir

  6. Nosso Presidente deve ignorar, essas “coisas” sem cérebro, eles estão tentando tirar o foco do Bolsonaro, não deixam ele governar.VAMOS PEDIR A DEUS POR ELE E SUA EQUIPE.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s